Mantendo as crianças saudáveis: evitando pragas escolares

A escola está em sessão, e assim são os vírus . De fato, a Academia Americana de Pediatria sugere que crianças em escolas e creches podem pegar até 12 resfriados por ano, em média. No entanto, resfriados não são os únicos vírus que correm soltos na escola. Gripe, norovírus, sarampo, catapora, conjuntivite (também chamada de olho-de-rosa) e meningite são apenas alguns dos males que podem ser facilmente transmitidos na sala de aula. Compreender e praticar a saúde escolar não apenas ajuda a manter seus filhos livres de doenças, mas também protege os professores e outras crianças em sala de aula.

Fique em casa quando estiver doente

menina doente

Os vírus podem se espalhar como fogo em uma escola, mas manter seu filho em casa quando estiver doente pode impedir que a doença se espalhe tão rapidamente. Embora você não queira que seus filhos percam as aulas ou trabalhem nas aulas, manter seu filho doente em casa pode ajudar a garantir que outras crianças não peguem a doença. Embora às vezes seja difícil saber se seu filho está realmente doente, as escolas geralmente querem que você o mantenha em casa se ele parecer mal-humorado ou estiver com febre. Na dúvida, tire um dia doente.

Cubra seus espirros e tosses

Os vírus transportados pelo ar adoram quando seu filho espirra e tosse porque é uma das maneiras mais fáceis de infectar outras pessoas. Para incentivar a saúde escolar, ensine seus pequenos a cobrirem a boca e o nariz com um lenço de papel quando sentirem um espirro ou tosse chegando. Se não conseguirem encontrar um lenço de papel a tempo, devem usar a dobra do cotovelo, em vez das mãos, para apanhar o espirro.

Lavar as mãos

Evitando as pragas escolaresLavar as mãos pode ajudar a eliminar os germes que viajam pelo contato, especialmente se as mãos forem usadas para espirro ou tosse. Faça com que seu filho lave as mãos com frequência ao longo do dia, se possível, de preferência com sabonete para as mãos por 20 segundos. Se uma pia nem sempre estiver disponível, ofereça ao professor da sala de aula um frasco de desinfetante para as mãos que as crianças possam usar ao longo do dia.

Não toque no seu rosto

Olho-de-rosa e outros vírus podem rapidamente tomar conta de uma sala de aula quando as crianças esfregam os olhos ou tocam o rosto. Tudo, desde roer unhas até cutucar o nariz, pode enviar um vírus exatamente para onde ele quer estar. Ajude toda a classe ajudando seu filho a praticar não tocar e esfregar os olhos, nariz ou boca.

Aumentar a limpeza

Mesas, livros, papéis, portas e paredes podem ficar rapidamente cobertos de germes, mas aumentar sua rotina de limpeza pode ajudar a manter as superfícies em sua casa e na escola desinfetadas e livres de germes. Para facilitar a limpeza ao longo do dia, e especialmente durante a temporada de gripes e resfriados, limpe as áreas muito usadas com lenços desinfetantes, que matam os vírus em contato.

Tiro na cabeça de Kelly SundstromComo jornalista, autora e artista premiada, Kelly Sundstrom tem paixão por ajudar os pais a se sentirem bem preparados, confiantes e capazes na jornada à frente. Como defensora do Attachment Parenting e mãe de dois filhos, Sundstrom foi palestrante convidada na Grassroots TV em Aspen, Colorado, e incentiva as famílias de todo o país a se desconectarem da mídia e se reconectarem.